Se você chegou até esse pequeno artigo e, porque está pesquisado sobre a dieta mediterrânea, certo. Mais você já ouviu falar em dieta mediterrânea? Venha conhecer com a endocrinologista Dra. Paula Pires.

Uma dieta rica em ingredientes saborosos como frutas, vegetais, grãos integrais e gorduras saudáveis ​​para o coração, a dieta mediterrânea é igualmente deliciosa e nutritiva.

Também está associado a uma variedade de benefícios e pode ajudar a apoiar a função cerebral, promover a saúde do coração, regular os níveis de açúcar no sangue e muito mais.

Embora não existam regras concretas sobre como seguir a dieta mediterrânea, existem muitas orientações gerais que você pode seguir para incorporar os princípios da dieta em sua rotina diária.

Este artigo analisa mais de perto o que é a dieta mediterrânea, como segui-la e como ela pode afetar sua saúde.

Dieta mediterrânea

O que é a dieta mediterrânea?

A dieta mediterrânea é baseada nos alimentos tradicionais que as pessoas costumavam comer nos países que fazem fronteira com o Mar Mediterrâneo, incluindo França, Espanha, Grécia e Itália.

Os pesquisadores observaram que essas pessoas eram excepcionalmente saudáveis ​​e apresentavam baixo risco de muitas doenças crônicas.

Embora não haja regras ou regulamentos rígidos para a dieta, ela normalmente incentiva frutas, vegetais, grãos integrais, legumes, nozes, sementes e gorduras saudáveis ​​para o coração.

Alimentos processados, adição de açúcar e grãos refinados devem ser restritos.

Numerosos estudos já mostraram que a dieta mediterrânea pode promover a perda de peso e ajudar a prevenir ataques cardíacos, derrames, diabetes tipo 2 e morte prematura.

Por esse motivo, a dieta mediterrânea é frequentemente recomendada para quem busca melhorar sua saúde e se proteger contra doenças crônicas.

Saiba tudo sobre dieta mediterrânea

Conclusão

Embora não haja número definido, esse padrão alimentar é geralmente rico em alimentos vegetais saudáveis ​​e relativamente baixo em alimentos de origem animal, com foco em peixes e frutos-do-mar.

Associou-se a inúmeros benefícios à saúde e pode ajudar a estabilizar os níveis de açúcar no sangue, promover a saúde do coração, melhorar a função cerebral e muito mais.

O melhor de tudo é que você pode adaptar os princípios da dieta mediterrânea de uma maneira que funcione para você.

Se você não gosta de salmão e sardinha, mas massa de trigo integral e azeite são seus favoritos, comece a preparar deliciosas refeições de inspiração mediterrânea com alimentos que você ama.

Sobre o Autor

Adriana Oliveira
Adriana Oliveira

Fundadora | Ajudaextra.com | Autora | Blogueira | Escritora sobre desenvolvimento pessoal. Receitas e Dicas para Ganhar Dinheiro[ꜱᴀɪʙᴀ ᴍᴀɪꜱ]

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =